sexta-feira, 19 de abril de 2019

LUGARES ESPETACULARES - CAPELLA DEGLI SCROVEGNI, PÁDUA

Localizada a menos de uma hora de trem de Veneza, Pádua, no Vêneto italiano, guarda uma preciosidade artística: a "Capella degli Scrovegni"(ou, de maneira simplificada e em nosso idioma, Capela Scrovegni), também chamada de "Capela Arena" (isso porque havia um anfiteatro romano - arena - no local em que foi construída). 

Capela Scrovegni, Pádua, Itália. CC BY-SA 3.0. Foto: Andrea Pirrodi. In: WC

Trazemos aqui, nas explicações, trecho do livro "Veneza e o Vêneto", da Lonely Planet, escrito por Alison Bing e Paula Hardy:

"Para Dante, Da Vinci e Vasari, foi Giotto quem deu fim a Idade das Trevas com seus afrescos de 1303-5. O estilo comovente e moderno do artista mudou a forma como as pessoas se viam: não mais como vassalos humildes, mas como veículos para o divino, ainda que imperfeitos. Isso se adequou especialmente à capela que Enrico Scrovegni encomendou em memória de seu pai que, como agiota, teve negado um enterro cristão.

Até Giotto, os fiéis medievais estavam acostumados aos olhares vazios dos santos no alto dos tronos góticos dourados; ele introduziu figuras biblícas como  personagens em cenários reconhecíveis. Os espectadores fofocam enquanto uma Ana de meia-idade beija Joaquim com ternura; um exausto José, pai recente, dorme em pé na manjedoura; Jesus olha Judas de cima enquanto o traidor lhe dá o beijo fatal."

A Capela Scrovegni possui, em seu anterior, um ciclo de afrescos de Giotto (1267 -1337), que enfoca desde Joaquim e Ana (avôs de Jesus), a Virgem Maria até momentos importantes de Jesus Cristo em sua caminhada neste mundo. Enfim, os fatos bíblicos mais importantes estão ali pintados. É um interior belíssimo, com forte predominância da cor azul, uma autêntica obra de arte. 

Interior da Capela. Foto: José L. B. Vieira. CC BY-SA 4.0 . In: WC
Vejamos alguns dos mais belos afrescos de Giotto:

A Expulsão de Joaquim, por Giotto.
Oferenda de Joaquim, por Giotto.
O Sonho de Joaquim, por Giotto.
Anunciação- Anjo Gabriel enviado por Deus, por Giotto.
Anunciação - A Virgem Recebe a Mensagem, por Giotto.

Joaquim entre os Pastores. Giotto.
Anunciação à Sant´Ana. Giotto. 








Bodas da Virgem, Giotto. 
 

Natividade, por Giotto.     
Bodas de Canaã, por Giotto.
Adoração dos Magos, por Giotto.
Batismo de Cristo, por Giotto.

Ressureição de Lázaro, por Giotto.
Cristo Humilhado, por Giotto.
Ressureição, por Giotto.

A Traição de Judas, por Giotto.

O Beijo de Judas, por Giotto.
Caminho para o Calvário, por Giotto.

Crucificação, Giotto.

A Lamentação, por Giotto.


Apresentação de Maria no Templo, Giotto.

Lava-pés, por Giotto.


A Última Ceia, de Giotto.
Entrada em Jerusalém, por Giotto.


Ascensão de Cristo, Giotto.
Há ainda na capela afrescos que mostram os vícios e as virtudes - são sete vícios e sete virtudes. Vejamos:

Prudência. Giotto.
Loucura. Giotto.
Retidão. Giotto.
Inconstância. Giotto.
Temperança. Giotto.
Ira, por Giotto.
Justiça, por Giotto.
A Injustiça, por Giotto.
Fé, por Giotto.
Infidelidade, por Giotto.
Caridade, por Giotto.
Inveja, por Giotto.
Esperança, por Giotto.
Desespero, por Giotto.
Para a visita, algumas dicas úteis: há um vídeo introdutório de 10 minutos; a visita à capela dura 15 minutos além dos 10 do vídeo; e deve-se marcar com antecedência, on line ou por telefone, notadamente se for a visita nos meses de verão (abril a outubro) ou mesmo em finais de semana; ingresso noturno dá direito a 30 minutos na igreja.

domingo, 14 de abril de 2019

LUGARES ESPETACULARES - CIRENE, LÍBIA

Inscrita como Patrimônio Mundial da UNESCO desde 1982, Cirene, na Líbia, é hoje um sítio arqueológico em perigo, devido à instabilidade política daquele país do norte da África.

A cidade antiga de Cirene foi colônia dos gregos de Thera (hoje Santorini), sendo uma das principais cidades do mundo helênico. Foi romanizada e conservou-se como cidade importante até o grande terremoto de 365, que a destruiu. 

Templo de Zeus em Cirene (externo). Foto: domínio púlblico/Wikimedia Commons

Templo de Zeus (aspecto interno). Foto: domínio púlblico/Wikimedia Commons

Pórtico de Hermes, em Cirene. Foto: domínio púlblico/Wikimedia Commons


Ágora de Cirene. Foto: domínio púlblico/Wikimedia Commons


Teatro (Odeon) de Cirene. Foto: domínio púlblico/Wikimedia Commons

Templo de Apolo em Cirene. Foto: domínio púlblico/Wikimedia Commons
Cirene é terra de um importante filósofo grego, Aristipo (435 a.C - 356 a.C), que era conhecido também por "Aristipo de Cirene".  Discípulo de Sócrates, foi o primeiro filósofo a ser remunerado. Fundou a "Escola Cirenaica" (ou "Hedonista"), a qual pregava que o prazer era o bem supremo. Além de Aristipo, outros filósofos e cientistas surgiram nessa cidade, podendo ser citados Carméades de Cirene, Lácides de Cirene (Séc. III a.C - 205 a.C) e o astrônomo Eratóstenes (276 a.C- 194 a.C), este último que calculou a circunferência da Terra.

Há, também, várias menções à Cirene na Bíblia, sendo de se destacar a citação de Simão de Cirene, que, segundo o Evangelho de Marcos, carregou a cruz de Cristo até o gólgota (colina em que Jesus foi sacrificado).

Hoje a região oriental da Líbia é chamada de "Cirenaica", também devido à essa cidade.  

Redescoberta no século 18, hoje é um sítio arqueológico belíssimo, próximo à vila de Xaate, que causa preocupação quanto à sua conservação, conforme já mencionado acima.

terça-feira, 1 de janeiro de 2019

LUGARES ESPETACULARES - MOHENJO-DARO, PAQUISTÃO

Descoberta em 1922, a cidade perdida de Mohenjo-Daro, no Paquistão, totalmente construída com tijolos cozidos, é um sítio arqueológico dos mais impressionantes do mundo. 

Mohenjo-Daro, no Paquistão. Foto de  Quratulain - Own work, CC BY-SA 3.0. In: WC

Localizada no vale do Rio Indo, a quinhentos quilômetros da capital paquistanesa Karachi e a 28 quilômetros da cidade de Larkana,  quase na fronteira com a Índia, Mohenjo-Daro foi um dos centros administrativos do Império Harappa (Civilização do Vale do Indo), que se estendeu por mais de 1,5 milhões de quilômetros quadrados, uma área maior que a  antiga Mesopotâmia e o moderno Egito juntos.

Assim era Mohenjo-Daro. foto de Soban - Own work, CC BY-SA 3.0, in WC 
Fundada 2.600 anos antes de Cristo, Mohenjo-Daro tem feitos notáveis, sendo de se destacar as instalações sanitárias descobertas pelos arqueólogos - todas as casas tinham banheiro. Havia também locais, em cada casa, para o descarte de lixo e poços artesianos. A cidade é um exemplo de planejamento urbano já antes do nascimento de Cristo - havia nela a parte alta - "Acrópole" e a Cidade Baixa.

O Grande Banho, foto de Saqib Qayyum - Own work, CC BY-SA 3.0,in WC
 
Interessante que, desde que foi descoberta, Mohenjo-Daro tem uma áurea de mistério que a envolve - foram encontrados 44 esqueletos datados de milhares de anos antes de Cristo (entre 1.900 e 1500 a.C), em bom estado de conservação, todos de bruços e segurando as mãos uns dos outros. O curioso é que não há notícia de atividade vulcânica próxima ao local, nem sinais de feridas provocadas por armas. Estudos indicaram que a cidade possui um nível de radiação só encontrado em locais que já tenham sido abalados por explosões nucleares, o que induz os estudiosos a acreditarem ter havido uma explosão no subcontinente indiano milhares de anos atrás.

Outro dado importante refere-se à conservação do sítio arqueológico: devido ao intenso calor da região (já houve o pico de 53 graus celsius!), o risco de ataques de terroristas extremistas (o Paquistão tem muitos militantes do Taliban) e o turismo predatório (incluindo festas de locais), ameaçam o local. Os próprios cientistas/arqueologistas preferem, na atualidade, deixarem de escavar o local com medo de sua deterioração - o enterrado é preservado. 

A UNESCO, que chama o local de "Moenjodaro", listou as ruínas como "Patrimônio Mundial Cultural" em 1980.