domingo, 28 de outubro de 2012

PISA, INCLINAÇÃO PARA ENCANTAR!

Quando se fala em Pisa, logo se pensa na sua famosa "Torre Inclinada" (ou como preferem os italianos, "Torre Pendente di Pisa"). E, de fato, é uma das maiores atrações turísticas não só da Itália, mas também de todo o mundo.  E, diga-se mais: faz jus à fama, dada a sua rara beleza arquitetônica. Ainda mais agora, que está toda livre, limpa e sem qualquer tipo de obra de restauração ou limpeza. Um autêntico deleite para os fotógrafos!

Mas Pisa é muito mais que isso. A partir da Estação Central, e até chegar à famosa "Piazza Dei Miracoli", onde estão os três ícones da cidade, a saber, a Torre, a Catedral e o Batistério, observa-se uma Pisa que os turistas não veem: a Pisa limpa, linda, organizada e com um centro histórico,  às margens do Arno, belo e superpreservado! Destaque ali no centro histórico para a bela "Chiesa Santa Maria Della Spina".

Piazza Dei Miracoli, em Pisa. Batistério, Catedral e Torre (campanário), em sequência.
Historicamente, a cidade teve seu apogeu comercial justamente na Idade Média, quando sua poderosa armada dominou o Mediterrâneo Ocidental. Perdeu força, primeiro com a derrota para Gênova,  depois com o domínio florentino.

Pisa é também um importante centro científico. Não sem razão. Ali nasceu Galileo Galilei, o "Pai da Ciência Moderna", o "Pai da Astronomia", dentre outros títulos a ele concedidos. Galileo defendeu a tese do heliocentrismo (o sol como centro do universo), em uma época que predominava o entendimento de que os astros giravam ao redor da Terra (geocentrismo, estudado inicialmente por Aristóteles). Foi perseguido pela Santa Inquisição e, séculos depois, perdoado pelo Papa João Paulo II. Hoje, a discussão encontra-se superada, já que muitas descobertas advieram séculos depois: o sol é apenas mais uma estrela, o universo tem muitas galáxias, etc.

A Universidade de Pisa (1343), escolhida em 2011 a melhor universidade italiana,  é uma das mais tradicionais daquele país, daí é fácil observar a quantidade de jovens que existe na cidade. Uma cidade jovem, com espírito jovem. Eis Pisa hoje, na sua essência.

Depois de uma caminhada contemplativa por esta bela e pouco explorada cidade, chega-se à "Piazza Dei Miracoli" (ou "Campo Dei Miracoli"), patrimônio mundial da UNESCO. Se para Drummond havia uma pedra no meio do caminho, para a Toscana há a "Piazza Dei Miracoli" no meio do caminho entre Florença e Lucca. E que, sem dúvida, vale a pena conhecer, passando ali de duas a três horas do dia do bate-e-volta famoso, chamado aqui de "Florença - Pisa - Lucca".

Conforme ressaltado alhures, a "Piazza" é um conjunto arquitetônico formado pela Catedral de Pisa (Duomo), pelo Batistério e pela famosa Torre Inclinada (ou Torre Pendente, o campanário). Curiosidade: não só a Torre é inclinada. Os outros dois monumentos também são! A inclinação em Pisa parece ser mesmo uma marca da cidade! Além dos três monumentos do Campo, ainda são inclinadas, na cidade, as igrejas "San Nicola" e "San Michele Degli Scalzi".

A soberba Catedral de Pisa (Duomo di Pisa) é um exemplar característico de arquitetura que se convencionou chamar estilo "Românico de Pisa". Estilo bem peculiar, que aparece na maioria dos "Duomos" da região Toscana. Nota-se a similitude entre eles por conta justamente deste estilo. Além do exterior magnífico, destaca-se, sem dúvida, a Capela-Mor, onde há um mosaico de "Cristo Pantocrator". Pantocrator que, em grego, significa "todo poderoso", e é uma palavra citada algumas vezes no Novo Testamento.

Outro destaque da famosa Catedral, que vale a pena admirar, é o conjunto de três pares de portas de bronze na entrada principal (lado oeste), que evocam passagens bíblicas famosas, como o nascimento de Cristo, a crucificação, etc. Até as crianças podem brincar por ali - o barato é achar o rinoceronte! 


A belíssima Catedral de Pisa ("Duomo di Pisa") com a Torre Pendente de Pisa ao fundo.

O Batistério de Pisa, por sua vez, também impressiona por fora, embora por dentro possa parecer simples demais. Batistério é, para os cristãos, lugar destinado aos batismos, um dos sacramentos da Igreja Católica. Destaque para o púlpito hexagonal de mármore e o belo piso islâmico, daí a importância da visita. Alguns turistas ainda aproveitam para ouvir um famoso "eco" existente no local. 


Interior do Batistério de Pisa. Em frente ao púlpito hexagonal.

Para se entrar na Catedral e no Batistério, interessante comprar um ingresso combinado para as duas atrações. Compensa mais, sem dúvida.

Mas a maior atração é mesmo a Torre Inclinada. É por causa dela que milhões de turistas visitam à cidade todos os anos, buscando um ângulo perfeito para tirar um foto brincando com a inclinação característica, seja colocando a mão nela, seja empurrando-a. O fato é que a Torre é um marco da Itália e as poses em frente dela multiplicam-se dia após dia.

A Torre Inclinada de Pisa.

A inclinação do campanário (que é o local onde os sinos badalam) deve-se à mistura de areia e argila existente no local, com 40 (quarenta) metros de profundidade. Várias vezes profissionais tentaram conter a inclinação, chegando até mesmo a fechá-la ao público, mas o fato é que a Torre permanece ali, impávida, bela e exuberante. Um colírio para os olhos. 15 euros são gastos para a visita e subida de 30 (trinta) minutos pela Torre. Reservas são interessantes, e às vezes necessárias (dependendo da época do ano), principalmente pelo site www.opapisa.it.

O "Campo Dei Miracoli" conta ainda com um cemitério ("Camposanto") e um museu interessante ("Museu Dell´Opera Del Duomo").

Ah, entre Florença e Pisa encontra-se San Miniato, cidade cuja fama advém da famosa "caça às trufas (ou tartuffi, em bom italiano)", mas isso é assunto para outro post.

Enfim,  Pisa tem vocação para encantar todos os visitantes!

6 comentários:

  1. Oi, Carlos. Tudo bem? :)

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie - Boia Paulista

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Natalie, tudo bem. E contigo?
      Agradeço imensamente a escolha para participar de rol tão seleto de postagens, em um site tão conceituado! É sempre uma honra!
      Abraço,
      Carlos

      Excluir
  2. OLá Carlos,

    Parabéns pelo seu post novamente ter sido selecionado pela #Viajosfera. Já tem um tempo que acompanho suas maravilhosas postagens e tenho aprendido muito com elas. De certa forma viajo um pouquinho também... Um grande abraço!!!! *

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado (a) Leitor (a),
      Agradeço imensamente os elogios!
      Também fico feliz em saber que você é um leitor (a) assíduo (a) do blog!
      Mais feliz ainda fico quando ouço que minhas postagens estão sendo úteis para o incremento de seus conhecimentos. E mais, que as postagens levam-no (a) a uma viagem. É esse o objetivo do blog!
      Um grande abraço,
      Carlos

      Excluir
  3. Pode ter certeza que (onde quer que eu esteja) sempre serei sua leitora assídua!!!! Adoro acompanhar suas postagens!!!! **

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É simplesmente emocionante ler tais palavras.
      Pode ter certeza que é um estímulo e tanto para continuarmos a caminhada.
      Muito obrigado de coração, Anônimo (a)!
      Carlos HB

      Excluir